Epidural e consequências

Tópicos em 'Fisioterapia Uro-Ginecológica' iniciados por FLAVIASALE, 4 Dec 2008.

  1. FLAVIASALE

    FLAVIASALE Membro

    Olá a todos!!!

    Gostaria que alguem me pudesse ajudar numa questão relativa à administração de epidural e à sintomatologia dolorosa associada que muitas vezes persiste no local da injecção por meses e até anos!!Alguém me sabe explicar o porquê deste fenómeno, de forma a tentar perceber se pudemos intervir neste aspecto, sem ser somente através de tratamento analgésico, mas actuando de alguma forma na causa?:redface:

    Muito obrigada a todos

    Flávia Salé
  2. gramendes

    gramendes Membro

    Olá

    O problema que refere muitas vezes é devido á "irritabilidade" meningea, a qual pode ser apenas dural ou aracnóideia. A aderência dural ao ligamento, cria um ponto anormal de tensão o qual pode-se reflectir em dôr localizada, alteração das curvaturas vertebrais (tendência á rectificação) em que os ROT e os RCA (reflexos cutâneo abdominais) aparecem hiper-reactivos. A "irritabilidade" aracnóidea é muito mais perigosa, pois pode dar lugar á formação de quistos e espessamento da mesma (aracnoidite adesivante). Em casos mais extremos, pode inclusivamente levar a uma paraplégia tardia.
    Quanto á nossa actuação,...a nível pessoal, penso que se pode intervir e muito, mas para isso é preciso perceber muito bem o que "é que se passa". Em caso de dúvida, a melhor estratégia é "não tocar", pois podemos inadvertidamente acelerar um processo mais complexo que está "escondido" por baixo dessa dôr. De qualquer maneira, técnicas de mobilização miofascial, RPG, pilates,...serão eficazes nesse processo.
  3. KATTY

    KATTY Membro

    olá
    Recentemente fui a minha médica de familia para me queixar de um alto no fundo das costas que me provoca muitas dores , a resposta foi, que é uma consequencia da epidural uma vez que tive uma filha ha 14 meses , gostava de saber se alguem me pode indicar e ou se existe algum tratamento eficaz que eu possa fazer de forma a desaparecer com este alto(papo) no fundo das costas e com as dores que o mesmo me faz sentir? , obrigado
  4. gramendes

    gramendes Membro

    Olá Katty

    "alto no fundo das costas"??
    Ora bem, que tipo de "alto" é esse. Mole, duro, central, mais desviado a um lado que a outro?...
    É dificil indicar uma terapia indicada se não se conheçe o tipo desse alto. Por exemplo, se ele fôr muito mole, cheio de liquido,...há que fazer uma "determinada abordagem",..se fôr duro,..faz-se uma coisa completamente diferente.
    Há muitos "tipos de altos" como consequência de epidurais. Uns são puras fibroses,...outros são fistulas durais (os mais graves),... mas no meio há mais uma dúzia de "altos diferentes".

    Um Abraço
  5. KATTY

    KATTY Membro

    Boa noite

    Pois será um pouco dificil de responder com muita exactidão , mas eu vou tentar ...:

    será um alto co 10 cm de diametro mais ou menos no fundo das costas entre o cóccix e o fim da espinha mesmo no meio nem mais para um lado nem para o outro é mesmo no meio das costas e quanto a ser duro , não posso considerar nem duro nem mole é de consistencia normal tipo um inchaço , doi-me ao sentar uma dor tipo um gancho e faz com que me prenda a perna de vez em quando e quanto a médica da caixa falou-me em gordura será ?.....
    Acrescento ainda que nem sempre sinto este alto e nem sempre é visivél tem dias mais salientes so que outros e quando está saliente afecta-me o pescoço ......

    Obrigado pela resposta

    Abraço
  6. gramendes

    gramendes Membro

    Olá Katty

    Pelo que descreve, acho pouco provável que a origem seja uma consequência da epidural. Refere-o num local muito baixo para ser devido á mesma, contudo, e caso tenha tido parto normal, será importante avaliar o "encerramento do canal de parto". Aconselho-a a consultar um osteopata ou fisio com formação em obstrecticía. Pessoalmente, aponto mais o "diagnóstico" para uma lesão sacro-coccigea, sobretudo pela referência ao tipo e localização da dôr.

    Um Abraço

Partilhar esta página