Fisioterapia Neurologia Pediátrica

Tópicos em 'Distrito do Porto' iniciados por Joana pais, 14 Jun 2010.

  1. Joana pais

    Joana pais Membro

    Fisioterapeuta licenciada, com experiência vasta em reabilitação neurológica na área da pedriatria faz domicílios e trabalha em casa.
    Esta fisioterapeuta trabalhou muitos anos com Cubanos. Recomendo a 100%!

    Contacto: Vânia Nogueira tlm:934507260
  2. fisio78

    fisio78 Membro

    Sem querer ofender, os Cubanos são melhores que os Fisios Portugueses???
  3. Joana pais

    Joana pais Membro

    Não! Claro que não! No entanto esta colega tem excelente resultados com técnicas que eu desconhecia e fiquei impressionada! Como sabe, existem várias técnicas para o mesmo objectivo. Umas têm melhores resultados que outros em diferentes individuos. E como sabe em neurologia existem vários conceitos e cada fisio especializa-se no que considera mais eficaz dependendo do quadro clínico. Só e apenas isso...não percebo o porquê da sua pergunta...mas enfim...
  4. fisio78

    fisio78 Membro

    mas enfim??? não estamos num País livre??? que eu saiba os conceitos dos Cubanos não são melhor / diferentes dos nossos, as metodologias posso aceitar que sim. Mas como disse no post anterior NÃO QUERO OFENDER.
  5. gramendes

    gramendes Membro

    Olá

    Lamento, mas realmente fala assim quem desconhece em absoluto a metodologia cubana usada em pediatria. A questão que eu lhe coloco é: "bons resultados??... para quem?...para os papás ou para as criançinhas???... como deve saber o "carrie over" na metodologia cubana nunca é obtido! Note que eu me refiro á "metodologia cubana" e não a outra qualquer. O metodo VOJTA, por exemplo, muito usado na américa latina (apesar de ter o seu pai na europa), é um pouco o exemplo disso,..pois em cuba usa-se a parte "fácil" do mesmo com uma mistura de "PADOVAN" ou "VERAS". Foi o que vi "in loco" há alguns anos e desde aí até agora,...pouco ou nada mudou. Utilizar e estimular a actividade reflexa primária, reforçar os padrões primitivos...impede ou atrasa o desenvolvimento psicomotor a longo prazo. É isto que se faz em cuba, e infelizmente...em muitos outros paízes. Só tenho pena que em Portugal se sofra de um "sindrome de inferioridade" e muitas vezes se abraçe metodologias sem nos darmos ao trabalho de pesquisar " a qualidade dos bons resultados". Desculpem, não pretendo ofender ninguém, mas fico doida quando ouço alguém "dizer que o metodo cubano é óptimo". Ao nível da fisioterapia, e por aquilo que tenho assistido por esse mundo fora, estamos muito bem de saúde nas "metodologias" que utilizamos. Não ficamos atrás de ninguém a esse nível.

    Um Abraço
  6. M.A.

    M.A. Membro

    "SEM QUERER OFENDER NINGUÉM" mas também acho que há um bocado a mania do "método cubano". O problema é que quando analizámos a longo prazo as coisas são algo diferentes. Penso que em portugal se tem mais em consideração o "movimento normal" e noção de neurodesenvolvimento. Em relação a ser "intensivo" apenas acho que pelo dinheiro que os papás dão por 2 meses contratam um fisio o ano todo cá!

Partilhar esta página