Fisioterapia no Reino Unido

Tópicos em 'Emprego Internacional' iniciados por alexandra martins, 7 Apr 2012.

  1. ola pessoal! alguém conhece algum Fisioterapeuta que esteja a trabalhar em Londres ou outra parte do Reino Unido??? obrigada
  2. ola! olha gostava de saber se obtiveste alguma resposta acerca de pessoal que esteja a trabalhar em Londres, pois eu também estou interessada em ir e gostava de saber algumas informações.

    Obrigada.
  3. AndréMorais

    AndréMorais Membro

    Boas, eu também quero ir para os reino unido ou mesmo suiça, se souberes de algo diz sff, tambem precisava de informação...pus um post aqui na procura de emprego.cumpts
  4. tiago23

    tiago23 Membro

  5. nuno

    nuno Membro

    Boa tarde

    Eu actualmente estou a trabalhar em Londres num hospital privado na periferia, se precisares de alguma informação é só dizeres que ajudo no que puder.

    Cumprimentos

    Nuno Santos
  6. Ana_N

    Ana_N Membro

    Olá, nuno!

    Eu estou actualmente a terminar o curso de Fisioterapia e também estou interessada em trabalhar ou estagiar profissionalmente no Reino Unido, nomeadamente em Londres.
    Podes-me dizer, se possível, como é que conseguiste a oportunidade de ir para aí?
    Já fiz alguma pesquisa sobre estágios profissionais no Reino Unido, mas tendo o testemunho de alguém que já lá está, é mais fácil ter uma perspectiva mais de acordo com a realidade.

    Obrigada!

    Cumps,
    Ana Nunes
  7. nuno

    nuno Membro

    Oi Ana,

    Desculpa a demora na resposta mas não tenho conseguido vir ao Fisiozone.

    Primeiro deves pensar muito bem se queres realmente emigrar e pensar em todos os aspectos positivos e negativos (sim, também os há).

    Posto isto deves ter em conta que vais ter algum trabalho a reunir toda a documentação para obteres o nº do HCPC (antigo HPC) que é obrigatório para poderes trabalhar no Reino Unido.
    Existem dois tipos de registo no HCPc: o temporário ( renovavel anualmente) e o permanente que aconselho vivamente, é mais caro, cerca de 500 euros só para te inscreveres mas acredita em mim que vale a pena, pois eu fiz o registo temporário e muito mas mesmo muito dificilmente alguém te irá aceitar sem teres o registo permanente, até porque sem registo permanente não te poderás associar ao CSP (Chartered society of Physiotherapist) que é um orgão altamente conceituado e todos preferem fisioterapeutas com HCPC e CSP.

    Posso dizer-te que tive a sorte de ter um colega que já trabalhava por cá e como houve um fisioterapeuta que saiu eu consegui uma entrevista e acabei por ficar.

    posso dizer-te que é um nível de fisioterapia muito elevado mas vais sentir-te extremamente valorizada porque aqui os fisioterapeutas são muitas vezes o primeiro contacto do paciente, ou seja, muitos deles recorrem a ti sem sequer terem ido ao médico primeiro. Mais responsabilidades mas muitos direitos também.

    De resto desejo-te toda a sorte nesta aventura e no que puder ajudar é só dizeres.

    Cumprimentos

    Nuno Santos
  8. Olá Nuno e restantes colegas,

    Tal como a Ana, tanto eu como a minha companheira (que é TO), estamos a tentar reunir a informação toda que podemos para podermos emigrar. Sendo certo que nunca é uma decisão fácil, 5 anos de trabalho precário, quase escravo, e cada vez menos valorizado, chegaram para nos fartarmos de não conseguir progredir, quer em termos de carreira, quer em termos familiares.

    Em relação a tudo o que colocaste no post anterior, já estamos a par. Sabemos que temos de nos inscrever no HCPC para sermos reconhecidos como physiotherapist (occupational therapist no caso dela), e já fomos tirando da ideia ir com um registo temporário primeiro e tentar o registo permanente depois.

    Há algumas coisas que ainda nos causam algumas dúvidas. Prendem-se com as questões da restante documentação que tem de ser traduzida. Não sabemos a quem recorrer para o efeito, nem que custos teremos com essa tradução. Outra dúvida que temos, mas essa é mais complexa, prende-se com o tipo de diferenças que encontramos de um país para o outro. Em termos de formação base, pensas que o nível de trabalho e de exigência está ao alcance daquele que conseguimos encontrar aqui pelas clínicas e hospitais (que no nosso caso são as nossas experiências profissionais)?

    De um ponto de vista mais "pessoal", pensas que o mercado britânico ainda tem espaço para profissionais nas nossas áreas? Tens sentido uma boa abertura por parte dos restantes colegas aí?

    Desculpa-me a "impertinência" de colocar estas questões. Espero não estar a abusar da tua boa vontade.

    Agradeço-te desde já a paciência e ajuda

    José Carvalhais
  9. nuno

    nuno Membro

    Boa tarde José,

    Antes de mais peço desculpa pelo atraso na resposta mas tive de férias e nao tive tempo para visitar o fisiozone.

    Relativamente as suas questoes vou tentar responder por partes.

    existem de facto bastantes documentos que o HCPC exige e é de facto um processo que pode ser moroso, eles normalmente dão uma resposta em 16 semanas e nunca menos do que isso, o que por vezes complica é que eles podem pedir mais documentação o que prolonga a espera, a primeira coisa a fazer é tentar reunir o maximo de informação que possa para entregar tudo logo.
    Posso dizer que eu enviei os documentos a 16 de dez e obtive o numero a 26 de Abril, e foi bastante rápido, mas nao vale a pena desanimar porque depois de ter o numero as coisas ficam mais facilitadas, aqui existem inumeras agencias de emprego e trabalham muito bem. Relativamente ao mercado existem muitas oportunidades para ambas as profissões e posso dizer que aqui somos muito valorizados.
    Em termos de formacao na area da Fisioterapia sao muito evoluidos e exigem muito de nós mas posso dizer que aprendemos bastante e as instituiçoes normalmente financiam todos os cursos que tiramos, as pessoas sao muito afaveis e prestam-se a ajudar em tudo.

    relativamente aos custos de tradução se tivet interessado por favor envie um mail para traducoesaletra@hotmail.com onde poderemos discutir preços.

    qualquer duvida disponha que prometo dar o meu melhor para responder o melhor que sei.

    Cumprimentos

    Nuno Santos
  10. cidalia

    cidalia Membro

    Bom dia :) Algum me sabe dizer se difcil conseguir um estagio voluntrio para me familiarizar um pouco com o modo de funcionamento da Fisioterapia em Inglaterra? Terei a minha resposta ao pedido de autorizao dentro de poucas semanas, e gostava muito de realizar u estagio voluntario antes de me candidatar a ofertas de emprego existentes. Obrigada. Cumprimentos, Cidlia
  11. Tania22

    Tania22 Membro

    Boa tarde!
    Sou recém-licenciada e ando neste momento a tentar reunir a documentação necessária para poder trabalhar no Reino Unido. No entanto, tenho alguma dúvidas e gostaria de saber se alguém me poderia ajudar :)
    Sendo recém-licenciada, apenas com a experiência profissional que adquiri ao longo dos meus estágios, é na mesma possível arranjar um emprego por lá? E, só vale a pena mandar para lá currículos após estarmos registados com o HCPC e após termos uma morada no país? Isto, porque já ouvi dizer que se não tivermos uma morada e número de telémovel do Reino Unido no currículo que é mais difícil sermos contactados.

    Agradeço desde já a quem me possa ajudar com estas perguntas :)
  12. cidalia

    cidalia Membro

    Boa noite!

    Não sei a resposta a todas as perguntas, mas uma coisa é certa: sem registo no HCPC não se consegue um emprego em Fisioterapia. Em relação ao facto da experiência profissional, quando há recrutamento por agencias, pedem normalmente experiência profissional. Recrutamento lá, quando pedem experiencia, é mesmo experiencia lá, por isso não sei

Partilhar esta página