Livro «A Clínica do Sagrado» em pdf

Tópicos em 'Notícias' iniciados por coelholewis, 27 Mar 2014.

  1. coelholewis

    coelholewis Membro

    Ex.mos colegas:
    Disponibilizo, desde já, o pdf do meu mais recente livro «A Clínica do Sagrado: Medicina e Fisioterapias, Psicanálise e Espiritualidade» (Edições Mahatma), o qual conclui o meu processo de escrita de livros e que arruma o puzzle há muito iniciado nas matérias que (re)ligam o Corpo ao Espírito. A obra inclui alguns dos meus artigos mais polemizados, como o artigo «Enfermagem de Reabilitação e Fisioterapia (...)», entre outros, e pretende contribuir para a formulação da matriz epistemológica da Fisioterapia.
    O livro está também disponível em papel nas livrarias nacionais.

    Um abraço!!

    Luís Coelho

    Ficheiros Anexados:

  2. coelholewis

    coelholewis Membro

    Já disponível nas livrarias Bertrand!!
  3. coelholewis

    coelholewis Membro

    Continuidade em «A Obsessão de Sophia. Dialécticas em poemas e aforismos» (2014, Apeiron Edições), em «Crítica da Razão Espiritual. Dialéctica e Obsessão» (2015, Edições Mahatma) e «O Homem-Deus. Notas sobre o relativismo, o mal e o nada» (2015, Edições Mahatma).
  4. miguel_ok_4

    miguel_ok_4 Membro

    Olá Luís,

    Eu li o teu primeiro livro (julgo que seja o primeiro), "O Anti-Fitness", o qual achei estar muito bem escrito, objectivo e consistente com o propósito do próprio livro, pelo que decidi comprar os outros dois livros que na altura existiam escritos por ti, "Corpo e Pós-Modernidade" e "O corpo e o nada". Posso dizer, muito honestamente, que me senti completamente frustrado ao tentar ler o "Corpo e Pós-Modernidade", pois a escrita é tão adjectivada, e com uma linguagem rica, porém desadequada ao público alvo (fisioterapeutas e ademais profissionais de saúde, e não aristocratas!), que, após encontrar uma frase que ocupava uma página inteira (20 linhas!!) decidi parar de o ler, e não retomei até então.

    Acredito que a tua aprendizagem quer em fisioterapia quer em psicologia (penso eu) te levou a escrever desta forma, e a abordar temas que a maioria dos fisioterapeutas não reflecte. No entanto, a magia de escrever está em ser compreendido, e falo apenas por mim claro, mas aquilo que escreves é tão importante para os fisioterapeutas, que é uma lástima não conseguirmos receber a tua mensagem devido ao tipo de escrita que praticas, pois a mensagem perde-se...

    Adorei o teu primeiro livro, não havia palavras demasiado caras, nem demasiadas palavras para descrever o que pode ser descrito em 5 ou 6. Claro que cada um escreve como lhe apraz, mas para benefício dos fisioterapeutas e ademais profissionais de saúde, era importante recebermos a tua mensagem tal qual a queres passar.

    Não obstante o que disse acima, devo congratular-te por fazeres o que poucos fazem (nem todos podemos ser escritores ou empreendedores).

    Um abraço,

    Miguel Moço

Partilhar esta página