Pedido de informação

Tópicos em 'Assuntos Laborais' iniciados por mari, 28 Jun 2011.

  1. mari

    mari Membro

    Ola caros Colegas!

    Alguém me sabe dizer algo sobre a clínica Nuclitarget em Lisboa?

    Cumprimentos
  2. pedro_s

    pedro_s Membro

    Olá. Olha eu já tive nessa clínica mas tive pouco tempo, porque arranjei outro lugar, mas basicamente aquilo consiste na comercialização de 1 aparelho de electroterapia...em que te sentas à mesa com 1 cliente que é chamado via call-center, e dá-se a conversa toda para tentar convencer os clientes para adquirir o produto...a parte da fisioterapia só entra umas semanas depois...porque no início é apenas a parte comercial praticamente.

    Pedro
  3. anatrsantos

    anatrsantos Membro

  4. estive 4 dias na nuclimed que faz parte da nuclitarget e aquilo vai completamente contra todos os principios éticos e morais como pessoa e como profissional de saude. acrescento apenas ao q o pedro disse q para garantires a venda muitas vezes tens q te dirigir a casa do doente ou ao banco, buscar o dinheiro da entrada. acho muito triste o trabalho q la se faz e como recem licenciada nao consigo perceber como é q nos sujeitamos aquilo...quando claramente so têm fisioterapeutas la para dar credibilidade, ja que os tecnicos fazem o mesmo trabalho e ganham tantas comissoes como nos...enfim. nao aconselho ninguem a ir para qualquer uma das clinicas da nuclitarget.

    M
  5. wirsung

    wirsung Membro

    Ja fui a uma entrevista à cerca de 1 ano e meio. Não fiquei porque me pareceu um trabalho que nao tinha nada a ver com fisioterapia, mas sim mais como delegado comercial. Depois disso tenho notado que na fisiozone tem aparecido oferta de emprego por parte dessa empresa sempre apenas para 1 fisioterapeuta mas muito frequente... e das duas uma...

    Ou está em grande expansão e mete muitos fisioterapeutas ou é uma autêntica barracada e os fisioterapeutas nao conseguem lá ficar mais de um mês!!!
  6. Eu trabalhei numa das clínicas durante 3 dias. Cheguei à conclusão que ia totalmente contra os meus princípios morais e éticos e vim embora.

    Como os colegas já referiram, trata-se da venda de um aparelho de electroterapia. Não tenho nada contra o trabalho comercial, se tivesse de o fazer, faria, mas não daquela forma. Basicamente, tínhamos de convencer a pessoa que estava quase para morrer e que a máquina era a salvação dos seus males (isto foi-me mesmo dito pelo técnico comercial que era meu orientador). As técnicas comerciais eram ridículas, e a pouca fisioterapia que se poderia eventualmente fazer (porque quase ninguém adquiria os pacotes de ft), na minha opinião, não valia o sacrifício que se faz ali. Chega-se ao fim do dia com nojo do que se fez o dia todo, pelo menos eu senti-me assim.

    Agora, que fique na consciência de cada um. Eu não aconselho...

    Joana
  7. fisio.aftf

    fisio.aftf Membro

    Boa noite a todos

    Infelizmente fui a uma entrevista dessa empresa. Trabalhava num sitio longe de casa, o ordenado não era dos melhores, no entanto estava com um contrato que me permitia ter alguma regalias. Após as condições dessa dita entrevista coloquei os pros e os contras e acabei por aceitar a proposta de ir trabalhar para a Nuclitarget e despedi-me do sitio onde estava. Quando cheguei ao local de trabalho verifiquei que as condições não eram as que me foram faladas na entrevista mas sim tudo aquilo que os colegas já acima descreveram. Estive lá apenas dois dias. Já foi tudo dito pelos colegas: falta de ética, profissionalismo etc.
    Resultado: hoje faço domicilios e recebo um ordenado ridiculo de 2.5€/doente numa clinica a recibos verdes. É na verdade com os erros que aprendemos mas lá que custa, custa.

    Cumprimentos.
  8. Elisabeth

    Elisabeth Membro

    Bom dia.
    Eu também fui à entrevista e fui recrutada para trabalhar na Nuclitarget, mas depois de pensar bem cheguei à conclusão que não queria aceitar, porque não se trabalha como fisioterapeuta mas sim como comercial.
    A função é basicamente esta: Existe uma empresa que recruta idosos para ir à clínica, estes depois entram em contacto com um fisioterapeuta que lhe vai tentar vender um TENS por 1400 e tal euros e é o fisioterapeuta que o vai manusear em sessões de fisioterapia se o utente assim o desejar. Ao longo deste processo, o fisioterapeuta também tem de tentar vender outros "packs" de produtos, como por exemplo massagem ou mobilidade geral e ganha à comissão sobre essas vendas.
    O vencimento é o ordenado mínimo, mas depois existem as comissões , que diga-se de passagem são ridículas. Eu,durante a entrevista, pedi que me dessem um exemplo de como seria o valor dessas comissões e o que me foi dito foi "se vender um "pack" de massagem, que custa 400 e tal euros, vai ter uma comissão de 20 euros" isto juntando ao facto de que é o próprio fisioterapeuta que tem de fazer as massagens.
    Como podem ver, isto é abusar das pessoas que se dirigem à clínica e,acima de tudo,abusar do próprio fisioterapeuta.
    qui fica a minha experiência para poder elucidar quem ainda tinha algumas dúvidas de como esta clínica funciona.
  9. Das pessoas q trabalharam nestas clinicas durante uns dias mas não assinaram contrato, peço desculpa pela pergunta, mas eles pagaram-vos alguma coisa? pq a mim disseram para deixar o NIB e eu subentendi q iam pagar mas nunca vi dinheiro nenhum! mas tb mais vale nao ver....para mim é dinheiro sujo!

    Obrigada,
    M

Partilhar esta página