Técnico Auxiliar de Fisioterapia - Urgente

Tópicos em 'Distrito de Setúbal' iniciados por climerset, 22 Apr 2010.

  1. climerset

    climerset Membro

    A Climerset, Lda, sediada em Setúbal, necessita de um Técnico Auxiliar de Fisisoterapia para substituição temporária de uma funcionária por doença natural e férias, a entrar no dia 3 de Maio de 2010.
    Enviar C.V. até domingo, dia 25 de Abril de 2010, para climerset@netcabo.pt .
  2. Fisio_corpus

    Fisio_corpus Membro

    Pq um auxiliar em Fisioterapia? E não um profissional de Fisioterapia formado na área? To perguntando pq aqui no Brasil, tem um lei que proibe a contratação mesmo temporária de "auxiliares em fisioterapia".
    Aí em Portugal Fisioterapeuta, é chamado como "auxiliar em Fisioterapia"?

    Suadações a todos estudantes e Fisioterapeutas.
  3. Vini

    Vini Membro

    Não, aqui a Fisioterapia é mesmo muito pouco respeitada e valorizada. Auxiliar em Fisioterapia são aqueles que fazem um curso qualquer de curta duração, mas podem trabalhar ocupando o lugar de profissionais mais qualificados. É mais ou menos como acontece aí com os tecnicos de enfermagem que ocupam o lugar dos enfermeiros. É triste, mas é verdade.
    Saudações fisioterapêuticas.
    Last edited: 4 May 2010
  4. aveiro

    aveiro Membro

    E veem tantos do Brasil com o canudo comprado na vespra!!!!!!!!!!
  5. Vini

    Vini Membro

    Os que "compram" os diplomas não são problema, porque esses não vão muito longe em lugar nenhum, nem no Brasil e nem aqui. Pior mesmo são profissionais ou pseudoprofissionais, com formações diversas que ocupam vagas daqueles formados para tal. Veja-se, por exemplo, os casos de massagistas, auxiliares de fisioterapia ou enfermeiros de reabilitação a ocupar os lugares que deveriam ser de fisioterapeutas. Isso sim é uma vergonha.
  6. Esta é uma questão que me deixa deveras perplexo. A Fisioterapia em Portugal esta muito "doente" devido à má definição da profissão, desde a legislação à carreira, passando pelos "cursusecos" de auxiliares de fisioterapia que não é mais do que um ENGODO para a gente pouco culta deste pais que pensam que com isso tirado em qualquer centro de formação já se podem denominar de Fisioterapeutas (sim, porque depois referem que tiraram o curso de fisioterapia aos leigos dos utentes/clientes dos fisioterapeutas). Esquecem-se da palavra AUXILIAR. Aliás, na farda deles devia estar bem escrito com letras bem grandes "AUXILIAR", para que as pessoas consigam distinguir o auxiliar do fisioterapeuta.
    Não só os AUXILIARES de Fisioterapia que acho um absurdo serem denominados de Técnicos Auxiliares de Fisioterapia e Massagem de Reabilitação, quando têm um curso de 270h dado em "meia dúzia de dias". Enfim, a juntar a estes ditos Auxiliares de fisioterapia, temos os enfermeiros de reabilitação (quando não são os proprios enfermeiros "normais" a passarem por fisioterapeutas), os massagistas e mais uns quantos "espertinhos" que se denominam de endireitas que nem sequer têm legislação, nem cursos, nem formação... Enfim.
    Em Portugal, a Fisioterapia esta muito mal tratada, muito mal vista e muito mal reconhecida até por grande parte dos médicos que muitas vezes descoram a nossa intervenção na saúde. Para o panorama nacional mudar, é EXTREMAMENTE NECESSÁRIO que estas cursos acabem de vez. FISIOTERAPIA É COM O FISIOTERAPEUTA E PONTO FINAL.
    Obs. A admissão de FISIOTERAPEUTAS em qulquer instituição empregadora deveria ter como requisito a apresentação da cédula profissional devidamente autenticada pela ACSS e os próprios utentes/doentes/clientes deviam começar a exigir a apresentação de tal documento comprovativo de que o profissional que têm à frente está devidamente habilitado para realizar as sessões de tratamento de FISIOTERAPIA. Sem isto, a Fisioterapia não avança em Portugal!
  7. AnaSantos

    AnaSantos Membro

    É com muita pena minha que vejo a minha profissão ser tão desvalorizada em Portugal... Como não quero tirar o lugar a ninguém, não ando por ai a fazer o papel de outro profissional de saúde... Como sempre ouvi dizer "Cada macaco no seu galho", deve-se começar por respeitar cada profissão, tal e qual como ela é e deixar que os competentes da área a pratiquem... Cada qual tem um papel importante, mas não queiram um lugar que não é vosso... Se o quiserem formem-se para tal...
    Não quero com isto dizer que os auxiliares não são importantes, mas para fazer o trabalho deles e NÃO o nosso... Se a nossa sociedade fosse uma sociedade em que cada qual faz a sua função e só, não havia destes problemas... Depende de cada um de nós trabalhar para uma melhor prestação de serviços ao utente e para isso é necessário QUALIFICAÇÃO e PROFISSIONALISMO...

    Fisioterapia com Fisioterapeutas :)
  8. Nessinha

    Nessinha Membro

    Boa noite,

    Com todo o respeito que tenho para com os fisioterapeutas, até porque é esse o curso que tenho intenção de vir a frequentar, e não querendo "comprar guerras" com ninguem eu tenho um curso de Massagem de Recuperação tirado no IMT, em lisboa e não é por isso que me auto denomino por fisioterapeuta até porque o plano curricular do curso Massoterapia e Auxiliar de Fisioterapia, não esta direccionado para acção singular em tratamento de doente mas sim como auxiliar de um profissional de Fisioterapia o que acontece a semelhança de Auxiliares de Educação e Auxiliares de Ação Médica, não tomam decisões sobre mas sim auxiliam como o própio nome indica e em bom português.
    Sendo certo que hoje em dia "qq cão e gato" tem um curso deste género e existem bastantes escolas que o leccionam muitas delas que perdooem-me a espressão mas aqueles cursos fazem chorar até as pedras da calçada com tanta inegrumência.aqui o cerne da questão e perdooem-me se estou errada é que não existe um orgão regulador e temos efetivamente profissionais a "comprarem" o diploma na vespera, muito fisioterapeuta que na verdade são pseudoprofissionais de fisioterapia etc... concordo sim com os auxiliares de fisioterapia mas supervisionados por um fisioterapeuta como um auxiliar de ação medica é superivisionado por um enfermeiro ou por um médico.
    O simples facto de alguém que não tem formação para tal estar a exercer um ato de fisioterapia, não so esta a colocar-se em risco a si mas como uma vida humana, será o mm que eu sendo socorrista esteja a administrar terapeutica sem supervisão de um enfermeiro ou não tenha autorização,para tal .
  9. Nessinha

    Nessinha Membro

    alem de que no anuncio refere apenas ubstitução de fuincionaria não diz substituição de fisioterpeuta,
  10. AnaSantos

    AnaSantos Membro

    Boa tarde...

    É certo que o anúncio não refere que é para a substituição de um fisioterapeuta, mas a realidade é que há pelo nosso Portugal fora muitos Técnicos de Fisioterapia e Auxiliares de Fisioterapia que se auto-intitulam de Fisioterapeutas. Muitas dessas pessoas não se importam com o facto de ser um risco para eles e um risco ainda maior para os doentes...
    O que acontece em muitos casos e infelizmente é que "esses tecnicos" recebem menos que um fisioterapeuta e para os patrões isso é muito bom, pois pensam eles que o trabalho é feito por menos dinheiro...
    Não estou a generalizar pois conheço muitos técnicos e auxiliares que sabem o seu lugar, desempenham as suas funções muito bem e admito que são essenciais como todos os outros profissionais...

    Saudações terapêuticas

Partilhar esta página